LEITURA,

Leitura - As Miniaturas

Daniela Filipe Bento Daniela Filipe Bento Seguir 15 de junho de 2021 · 1 min read
Partilha

As Miniaturas é um livro que nos transporta para o mundo dos sonhos e dos desejos. A ação desenrola-se numa cidade, no qual, no centro está o Edifício Midoro Filho, que existe e não existe simultaneamente, tal como um sonho, que existe e não existe.

O livro circula entre 3 personagens principais, a Mãe, o Filho e o Oneiro. A trama vai sendo definida pela alternância entre cada personagem. Neste caso, o Oneiro é responsável pelos sonhos de ambas as pessoas. Por um erro no sistema, é-lhe possível seguir pessoas com este grau de parentesco. Existem outras personagens no argumento, que não atingem tanta profundidade. Na realidade, a história é bastante linear e sem grande complexidade. São as passagens pelo oneiro que dão significado à história, caracterizando uma fábrica de produção de sonhos, de chegadas e partidas, guiando os sonhantes nos seus sonhos. Um sistema altamente burocrático, onde cada oneiro atende sempre a mesma pessoa, mas não se podem conhecer entre si. É a relação ente o Oneiro, a Mãe e o Filho que tomam relevância nesta cadeia de acontecimentos. É desde modo que a autora nos remete para o limiar da realidade e do sonho ou imaginação. Um lugar tão desconhecido ainda.

O livro está escrito de uma forma simples, com palavras facilmente reconhecíveis, mesmo sendo num formato de prosa poética.

“A mãe me pediu os números premiados da próxima loteria, dou os números com uma técnica antiga, digo um número em alto e bom som, os demais em voz baixa, inaudível. A pessoa tem a sensação de que sonhou com toda a sequência de números e culpa a si por se lembrar apenas de um e não dos demais”.

A autora foi vencedora do Prémio Literário José Saramago, estou curiosa para a ler outros livros.

Continuação de boas leituras,

Dani Bento

Daniela Filipe Bento
Escrito por Daniela Filipe Bento Seguir
escreve sobre género, sexualidade, saúde mental e justiça social, activista anarco/transfeminista radical, engenheira e estudante de astrofísica